sábado, 4 de setembro de 2010

Quebradaço

Ontem eu dancei, e muito. Pra quem tá me chamando de fresco desde já, meu sincero "Vai tomar no cu" bate à sua porta...

By the way, assisti Zeitgeist Addendum e achei genial, pra quem não sabe, google. Tô muito muito cansado, digo isso enquanto estou sentado que nem um vagabundo desempregado que não faz nada além de arrotar. Ainda me emputeço com gente muito "sorrisinho". Essa galera que pra tudo é só fechar os olhos assim "^^" e dar um sorriso e fingir que nada aconteceu. Pra mim todo mundo tem que ser enfezado e cumprimentar com uma cusparada na cara.
Twitter me lembra um colégio em que você conhece pessoas, pessoas te conhecem e desconhecem e você se sente meio que no seu canto. O problema, é que assim como acontece no colégio, no twitter, maioria(grande maioria) é fresca e tem que julgar o que todo mundo diz. Ainda mais, no colégio, você faz algo que presta.

Primeiramente, se não gosta do que dizem no twitter, não devia gostar do resto da internet, que tá cheia de gente desocupada. Claro, existem coisas boas, a exceção confirma a regra.

Entre vlogs e blogs.
Acho que o blog a melhor alternativa pra pessoa que não quer muitas visitas porque sabe que vai tomar flame. Não é porque o cara é chorão e não aguenta receber xingamento, mas é porque no blog, só lê, quem gosta. No vlog, assiste quem quiser, e a ignorância rola solta. Paciência pra isso, nem todo mundo tem. Sem contar que no vlog você tem um trabalho à mais. Tem que saber falar, saber como usar uma câmera, de preferência saber editar, e pra TODO MUNDO, você tem que estar numa escala de beleza aceitável.

Gente bizarra fora da internet, eu vejo. Um garoto miudo como eu dizendo se inspirar no House. Isso eu deixo pra depois que já falei demais.

Um comentário:

  1. Sobre vlogs concordo e-e geral me zoua mas não desisto .

    ResponderExcluir