quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Frio pra caralho.

Tá muito frio, tô de moletom e blusa de frio. Meus dedos 'tão congelando, tô morrendo de sono. Não tô muito pra conversar como povão que necessita de atenção pra se sentir importante. Preciso realmente de muitas horas de sono e um cobertor.

Geral criando revoluções fora da cama e se levantando e mostrando que é diferente. Infelizmente a repetição já tá cansativa. Preciso seriamente deixar de ser chato e let it be. TÁ MUITO FRIO. Sério, aquelas horas que seus dedos 'tão frios, suas orelhas, seu sa... tá tudo muito frio, putz. Vi um filme bacana pra caramba, Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças e é isso aí, nunca se esqueça que você já pode ter amado alguém e quis esquecer isso e foi na clínica de esquecimento.

Moletom é uma palavra engraçada. Queria que inventassem um dicionário de palavras engraçadas, mas aí iriam perder a graça porque estariam todas lá... Não quero mais que inventem.

Dá 19:30 pulo pra cama e finjo que morri de cansaço. Nem vou fingir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário