terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Tá faltando

Sabe quando você quer falar algo, mas não sabe o quê? Você tem todos os complementos, tudo que envolve a frase, menos a essência? Pois é, sempre me falta isso nas horas mais importantes.

Ou pior, você quer começar algo, mas não tem o que falar? Sempre falta alguma coisa, e o pior, sempre que falta, acaba sendo o essencial. Mas partindo desse pensamento perfeccionista, tudo é essencial. Se tudo tem a chance de faltar, será essencial.

Imagine um prato de comida. Digamos que seu prato favorito seja bife, arroz, feijão e batata frita. Se um desses faltar, não será o "seu prato favorito". Quando você começar a pensar nisso, tudo acaba se tornando algo a considerar. Aí você vê que nunca consegue ser perfeito no que faz.

Quando eu escrevo um texto e penso que algo tá faltando, mas mesmo assim lanço ele, é meio que uma terapia contra essa vontade ter todo o essencial no lugar. Na medida.

Mas quando não tem nada faltando, acaba sentindo a falta da sensação de algo faltando. Ou pior, a sensação de que mesmo não vendo algo faltando, você tem que inventar algo pra poder falar que tá faltando. É o "pôr pra tirar".

Acho que faltou uma piadinha pra colocar aqui no final.

2 comentários:

  1. É, sei bem como isso é.. ah, e concordo com a parte da piada.

    ResponderExcluir